Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

HOJE | CONFERÊNCIA RESTART | O Mercado de Trabalho em ANIMAÇÃO | 19h | Auditório Restart




A Restart, realiza hoje (23 de Janeiro), pelas 19 horas a conferência sobre "O Mercado de Trabalho em Animação" .

Andreia Costa, Manuel Sacadura, Pedro Serrazina, Vitor Duarte, e moderação de Francisco Henriques. Estes são os convidados desta sessão em que vai ser debatido o estado actual desta àrea profissional e a realidade do mercado de trabalho.

Motivações, dificuldades, desafios, e diferentes prismas para os que, em breve, vão estar à procura da primeira experiência profissional.

 


Este ciclo pretende ainda responder às questões que vão surgindo a quem investe em formação nestas áreas, nomeadamente quais as saídas profissionais disponíveis, qual a melhor forma de construir um percurso profissional sólido, como funciona o mercado e a área em si, empreendedorismo, etc.

Esta é a quinta conferência de um Ciclo que pretende de uma forma informal debater dúvidas específicas do mercado de trabalho nas Industrias Criativas.

Para assistir a esta conferência é apenas necessário realizar uma pré-inscrição aqui.

A entrada é gratuita.

 

MODERADOR:




Francisco Henriques
É licenciado em Design Gráfico pelo IADE e mestre em Teorias da Arte pela FBAUL, possuindo ainda várias especializações em Manipulação e Composição de Imagem, e Animação 2 e 3D.

 

O seu percurso profissional teve início em 1989, tendo começado por desenvolver trabalhos na área do design gráfico em gabinetes de design e agências de publicidade.

 

Depois de um curso de Computação Gráfica e Multimédia da NeXT Business and Graphic School, em 1992/93, ligou-se à pós-produção vídeo. Desde então, trabalha maioritariamente na concepção de filmes, actuando no âmbito da composição de imagem, do grafismo e dos efeitos visuais.

 

Tem colaborado com artigos de reflexão teórica, no âmbito da arte, em publicações para revistas como a Arte Teoria, da FBAUL, ou Idearte (online).

 

Desde 1999 lecciona em cursos de Design, Vídeo, Animação e Multimédia em várias instituições públicas e privadas. Em simultâneo, prepara a sua tese de doutoramento.

 

 

 

ORADORES

 
Andreia Costa



Aventurou-se pelo "fabuloso" mundo da lógica e matemática e licenciou-se em Economia pela Universidade Nova de Lisboa em 2005, mas rápido se apercebeu que tinha tomado o caminho errado. Entre 2006 e 2009 guardou a calculadora e resolveu pegar na mesa gráfica; tirou os dois níveis do curso de Design Gráfico e Multimédia e o curso de Animação 2D/3D pela Restart.

Desde 2009 tem estado envolvida em projectos de freelancer em animação 2D e 3D e motion design. Spots de publicidade, videoclips e conteúdos para programas de tv são algumas das áreas em que já trabalhou.


Vítor Duarte




Vitor Duarte, inicia em 1985 a carreira num estúdio de animação tradicional. Trabalhou em cenografia e posteriormente foi art director para televisão e publicidade.

Trabalhou desde então na concepção e elaboração da imagem para programas numa produtora de tv e especializou-se em filmes 3d para publicidade.


Em 1992 começa a trabalhar na SIC, na área de imagem e em 2001 assume a gestão da equipa de imagem e programação. Concebeu a imagem de vários canais da estação (SIC Radical, SIC Mulher, SIC Comédia, SIC KIDs, etc).


No início de 2009 cria a BLOOM GRAPHICS, marca do grupo que unifica os vários departamentos criativos da estação, onde concebe e realiza a imagem. Desde então fornece serviços para o exterior nas áreas de Motion, web, corporate e set design, criando para o mercado canais como o Benfica tv e Económico tv. Coordena ainda a pós-produção áudio e vídeo para programas bem como conteúdos para marcas e publicidade.



Pedro Serrazina

 


Nascido em Lisboa em 1968, estudou arquitectura no Porto durante cinco anos, deixando o curso incompleto para se dedicar profissionalmente ao cinema de animação.
O seu primeiro filme, “Estória do Gato e da Lua”, estreou em competição no festival de Cannes’96 e foi premiado com 15 prémios internacionais.

 

Em 1996 mudou-se para Inglaterra para tirar um mestrado no Royal College of Arts, onde permaneceu um ano extra como assistente, pesquisando o “uso do espaço como elemento narrativo no cinema de animação”.

 

Desde então tem combinado uma carreira académica com o desenvolvimento de trabalho criativo em várias áreas.
Projectos recentes incluem a publicação de um livro de ilustrações e contos, “Pequenas Estórias Sem Importância” editado como complemento de uma performance para crianças, exibida no Teatro do Campo Alegre, no Porto (2006).

 

Nos últimos quatro anos, foi director da licenciatura em Animation Arts na University for the Criative Arts, Maidstone, onde organizou AniMaidstone 2009. Um evento internacional que combinou a produção de 5 animações/documentários realizados por estudantes e dedicados às comunidades desfavorecidas de Maidstone, com uma conferência dedicada a questões de identidade cultural no cinema de animação e documentário.

 

Pedro Serrazina é professor convidado da Universidade Católica do Porto e participa regularmente em júris e workshops internacionais.

 

Recentemente deixou o cargo de director de curso em Inglaterra para dedicar mais tempo a projectos pessoais. O seu último filme chama-se “Os Olhos do Farol” e é uma co-produção entre Portugal e a Holanda.     

 

 

 

 Manuel Sacadura

 


A sua primeira experiência em animação foi com 12 anos, com um pequeno filme de recortes captado em super 8.

 

Logo após concluir Artes Gráficas na Escola de Artes António Arroio, começou a trabalhar no estúdio de Mário Jorge Neves, onde começou como intervalista - ainda na época da animação clássica, pré-computadores. Rapidamente evoluiu para animador, e para realizador. Durante essa colaboração, animou e dirigiu uma grande quantidade de filmes publicitários, genéricos de televisão, etc. - alguns premiados - nas mais variadas técnicas de animação. Participou em várias séries da Rua Sésamo, como autor, realizador e animador.

 

Tomou contacto com o 3D e a animação digital desde o início da tecnologia, sendo fluente nos mais importantes softwares. Ocasionalmente é convidado a dar formação nestas áreas.


A meados dos anos 90 forma com mais dois sócios a produtora audiovisual TRIX, passando também a realizar filmes de imagem real.

 

No seu currículo inclui trabalhos como ilustrador e designer, mas a animação continua a ser sua vocação e área principal.



 ENTRADA LIVRE